É importante saber o que te paralisa


Eu sei, é confortável fugir da dor.

É cômodo evitar tocar em assuntos que não são tão agradáveis para nós. É sedutor "deixar pra lá" e fingir que nada aconteceu. Eu ouço muito isso no consultório, de pacientes que acreditam veemente que é vantajoso e uma evolução dizer que consegue não pensar em X coisa que faz mal, pois é assim que nos ensinaram: quando você para de pensar o problema some. Mas tenho uma coisa para te falar: Não, ele não some.⁣ ⁣ Tudo aquilo que evitamos ver, falar ou resolver permanece ali conosco, e pior: sem resolução. Daí vem angústias, sintomas ansiosos, perdas de sono e questionam o que pode ser se nenhum problema recente aconteceu. Acontece que para a nossa mente não existe isso de "não vou pensar para esquecer o que dói" pois fica tudo ali, armazenado, e é nosso dever voltar nas gavetas da nossa memória e tirar as poeiras de alguns acontecimentos.

Não podemos mudar o fato traumático, mas temos a opção de elaborar e buscar uma nova narrativa para o acontecido.⁣ ⁣ Tão importante quanto saber nossas maiores motivações é entender o que pode nos paralisar. Não há vantagem em fingir que nada aconteceu. Nos tornamos mais fortes a medida que temos coragem de nos encarar, limpar a ferida e seguir em frente. ⁣

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Relato

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso