É preciso coragem para ser você mesmo...

É preciso coragem para sermos quem somos de verdade, deixando de lado todos os rótulos que carregamos nas costas, nos bolsos e escondidinho dentro de nós.


Atire a primeira pedra, quem nunca, em algum momento da vida tentou se encaixar em algum padrão, seja ele grande ou pequeno. Ficamos tão presos no olhar do outro, em como seremos vistos e aceitos que esquecemos de quem somos de verdade.


É preciso a prática constante do autoconhecimento para diferenciarmos o que é nosso: nossos gostos, desejos, vontades, objetivos, prioridades. E o que é do outro e tão somente dele.


Temos que fazer essa diferenciação, se não caímos em duas armadilhas - da dependência emocional (dependo do outro para lidar com as minhas emoções, para me sentir bem) e a falsa ideia de nós mesmos (aquela sensação que somos mais de uma pessoa). É preciso coragem para encararmos a nossa vulnerabilidade, a nossa imperfeição (afinal ninguém é perfeito).


Então te digo:


Procure aquilo que faz sentido para você, o que te faz bem de verdade, o que te move, o que faz o seu coração vibrar. Não tenha tanto medo de ser quem você é, de ter os gostos que você tem. Somos o palco e a plateia de nós mesmos. O outro é apenas o reflexo dos nossos medos e incertezas.


Psicóloga Renata Monteiro - CRP 06/137913


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo