A importância de respeitar os começos...

Às vezes é mais fácil aceitar quem nós queremos nos tornar do que a pessoas que somos agora. Por isso, hoje vamos falar sobre respeitar os começos.



Começar algo, nem sempre é fácil. Para isso, torna-se necessário sair da zona de conforto, explorar as possibilidades, fazer escolhas, provavelmente abrir mão de algo. É extremamente necessário ter coragem, confiar e apostar no imprevisível.


Mas será que iniciar é uma garantia de que tudo irá sair conforme planejamos? O que será necessário para que possamos alcançar os nossos objetivos? Estas são questões importantes para se pensar e para refletir sobre a importância de respeitar os começos, seja de um novo emprego, de um investimento financeiro e/ou um relacionamento.


Numa das conversas que eu tive no consultório, nos últimos dias, estive falando sobre uma criança quando ela começa a dar os primeiros passos. De início vamos notar que é difícil alcançar a estabilidade, terão tombos, desafios, será preciso coragem e força para continuar, além do suporte das figuras paternas. Com o tempo, logo os passos serão dados de maneira espontânea e singular. Mas não é possível caminhar sem vivenciar os processos de aprendizagem, superação dos desafios.


O mesmo acontece com os nossos inícios. Não há uma fórmula mágica para chegar onde gostaríamos sem passar pelos nossos processos, quedas, desafios, dificuldades, sofrimentos e inseguranças. Para além de nos queixarmos sobre o quão difícil está sendo começar, por que não pensar se estamos respeitando os nossos “começos” e aceitando quem nós somos hoje?


Isabela Alessandra Silva Tomaz

CRP 04/57.149

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso