Alguns fatores fazem com que nem todas as pessoas desenvolvam transtorno de ansiedade


Alguns fatores fazem com que nem todas as pessoas desenvolvam transtorno de ansiedade. Essa diferença ocorre por uma influência genética. Algumas pessoas apresentam predisposição maior a sentir ansiedade de maneira mais intensa, pois o cérebro se torna mais sensível a essas situações, isso normalmente ocorre quando ainda somos crianças e passamos por situações traumáticas. Sendo assim, devido a essa sensibilidade cerebral, o medo será aprendido de uma maneira mais aversiva, fazendo com que qualquer experiência de medo ou ansiedade seja intensa o suficiente para manter o cérebro em alerta além do necessário para tal situação.

Pessoas que não possuem essa sensibilidade, acabam correspondendo ao estresse, medo, ansiedade e situações aversivas de maneira mais adequada. De forma que o cérebro fique em alerta apenas durante o período necessário.

Lembrando que a ansiedade é uma emoção que serve para nos preparar para as situações, é comum o cérebro ficar em alerta e ocasionar reações corporais que podem parecer desconfortáveis, esse é um “preparo” para enfrentar as situações, porém este preparo pode ocorrer de forma exagerada, então é neste momento que essa emoção precisa de cuidados.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso