Amor próprio.

O autocuidado é uma prática que precisa ser constante, e não refere-se apenas a algo externo. Diferente do que se acredita, cuidar da autoestima vai muito além de motivar-se a cuidar da pele, do cabelo ou do peso. Nossas inseguranças e medos estão enraizadas na vida interna, naquele lugarzinho escondido, que vez ou outra aparece e nos assusta trazendo versões nossas distorcidas, mas que naquele momento de medo parecem tão reais. Cuidar-se não é algo fácil, e muitas vezes sozinhos não conseguimos dar os primeiros passos. A psicoterapia é um processo transformador, doloroso sim, mas necessário, porque as vezes precisamos percorrer estradas escuras para descobrirmos como o brilho da luz faz diferença em nossos caminhos. O tão especulado amor próprio não brota de uma hora para outra, ele vem em pequenas doses, nas descobertas diarias de nós mesmos, com mudanças de hábitos no cotidiano, é o conjunto de atitudes e sentimentos que provocam grandes transformações, não se precipite em querer mudar drasticamente de imediato, vai no teu tempo, mas não se esqueça de dar o primeiro passo...




8 visualizações

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso