Carpe Diem - Desfrute os momentos.



Carpe diem é uma expressão em latim que traduzida livremente significa aproveitar o dia e fazer o máximo possível daquilo que o presente nos oferece. Já que não podemos controlar o que vai acontecer, já que não sabemos nada sobre o curso das coisas, o que nos restaria é exatamente abraçar aquilo que nos é apresentado no momento atual. Carpe diem não é só uma ode ao presente, é também um certo desdém para as coisas do futuro.


Mas será que tomar esse conceito como única verdade é bom para nós?


O fato é que temos o poder mágico de reviver momentos, sejam eles alegres ou tristes sem precisar visitar o passado. Fomos abençoados com a capacidade de sentir o cheiro daquela comida da infância, lembrar da voz de uma pessoa amada que não está mais aqui, reviver a sensação de uma conquista pessoal e tudo aquilo de bom que fez parte de quem somos. No entanto, a memória também pode ser uma maldição. A filosofia de Espinosa nos ensina que temos o poder de afetar e de sermos afetados e isso influencia diretamente a nossa potência de agir, de ser.


Por este motivo, quando nos deparamos com algo do momento presente que nos abata, que afeta nosso humor, podemos talvez pensar numa relação com algo vivenciado no passado. Mas perceba que na maioria das vezes isto não é consciente, o desencadeamento de representações a partir da nossa experiência atual é um processo cognitivo de adaptação.


Mas então, a lição que podemos retirar de Carpe Diem é de que o presente é sim o único lugar onde podemos agir. No entanto, nunca podemos esquecer que a fixação no passado ou no futuro podem trazer disfuncionalidades e sofrimento psíquico, isto é, é imperativo curarmos feridas do passado para podermos avançar, pois a memória não é algo que conseguimos deixar de carregar quando esta se torna um fardo. O que devemos fazer é nos fortalecer para suportar tamanha carga. Ressignificando afetos e corrigindo pensamentos.


Fale sobre o passado, pense no futuro, só assim não nos fixamos naquelas ideias empoeiradas que moram no canto da mente. Exponha suas angústias e não se apegue apenas naquilo que foi ensinado. À luz de toda a sua história, compreenda o momento atual e perdoe-se para poder tentar novamente.

.

.

.

@psilanacalixto


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso