CRIANÇAS NA INTERNET: O que o seu filh@ consome?

Atualizado: 28 de Jul de 2020

Não tem como escapar, é preciso se informar cada vez mais sobre tecnologia e aprender a usar os dispositivos e mídias que as crianças dominam. É o único jeito de saber o que está acontecendo e assim poder proteger seu filho sempre que uma ameaça for eminente.

Limitar o tempo de uso e acompanhar todas as atividades da criança no celular bem de perto: um acompanhamento mais próximo e apropriado, a depender do vínculo estabelecido através do diálogo com a criança, deverá esclarecer riscos existentes, e a necessidade de informar a um adulto de confiança ao menor sinal de ameaças.

Pense nos valores e na maneira que a sua família funciona antes de decidir quando seu filho vai poder ter acesso à internet. Pondere. Equilíbrio é o melhor caminho!

O excesso ao acesso à tecnologia, poderá interferir na concentração, foco e interação. O uso de maneira libertina especialmente nos momentos mais intensos de desenvolvimento intelectual e motor (durante a infância) pode ser bem ruim.



A campanha "Keep it real online", iniciativa do governo neozelandês procura, com humor, ajudar os pais a cuidar da segurança dos filhos online.

O que você pensa a respeito?

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo