Lixo Emocional



Como o próprio nome diz, é um conteúdo inútil – um lixo – que costumamos jogar para debaixo do tapete de nossas vidas. São mágoas, humilhações, falta de atenção de quem amamos, experiências desagradáveis, brigas de família, violência, raiva, medos e tristezas.

Vamos acumulando as crenças que nos são impostas, reprimindo o que sentimos, aceitando o inaceitável e perdoando as violências emocionais disfarçadas de brincadeiras e assim a “montanha” de lixo vai crescendo debaixo dos nossos tapetes.

E aí, de repente, tropeçamos no tapete, na montanha do lixo que se formou. Uma simples lembrança traz dor, angústia, desconforto emocional.

Ficar acumulando todo esse lixo abala nossa saúde emocional, nossa saúde mental e em muitos casos trazem doenças psicossomáticas que aparecem quando o nosso corpo grita mostrando que algo precisa ser feito.

Carregar esse lixo pode nos trazer o medo. Medo de reviver certas experiências negativas e doloridas. Medo que nos fará de reféns, mudando nossos comportamentos, nos impedindo de buscar aquilo que realmente desejamos.

Tanta carga negativa cria muitas dificuldades, como:

Desânimo, desesperança, doenças psicossomáticas;

Dúvidas, indecisões;

Insegurança;

Ansiedade;

Auto sabotagem;

Vícios;

Raiva, agressividade, impulsividade;

Frustrações e insatisfações;

Culpa, sentimento de incompetência e desvalor;

Dificuldades em realizar projetos pessoais e profissionais;

Depressão;

Pânico;

Etc...

Liberte-se desse lixo. Faça uma faxina, trabalhe suas emoções, faça as pazes com você mesmo, seja protagonista de sua história e assuma o controle.

A psicoterapia pode ajudar, afinal o autoconhecimento é uma ferramenta para essa faxina. Guarde apenas o que é seu, o que te faz bem e viva a SUA história.





17 visualizações

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso