Não permaneça onde não há respeito!

Isso vale para todas as áreas de sua vida: trabalho, relações pessoais, familiares e amorosas.


Se não há respeito, não há diálogo, não há afeto e não há amor.


E quando cito a falta de respeito, isso pode ocorrer em diversas ocasiões. Vou citar alguns exemplos: não poder se posicionar, ouvir críticas abusivas, agressões verbais e em alguns casos físicas, onde o seu querer e suas opiniões não podem ser expressas.


E se você permanece em relações assim, não há respeito e amor próprio e uma baixa autoestima.


O que mantém nessa relação? Medo, carência, receio de não conseguir "algo melhor"?


Vale a pena se manter infeliz em relações desrespeitosas, apenas para sentir que "se tem algo" para não se sentir "sozinho(a)"?


Se você sofre em relações assim, busque ajuda psicológica para compreender o que lhe faz permanecer nestes relacionamentos. Dê o primeiro passo.


😉Gostou?

👍Curta o post

💬Deixe seu comentário


🧠Psicóloga Laura Borges

📌CRP: 06/121033


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo