Por que amamos de mais?


Uma vez li em algum lugar que "toda mulher sonha em consertar o seu homem." Não sei se isso acontece a todas nós de fato, mas não tem como negar que somos mais propensas a amar de mais. Culturalmente a mulher é criada para cuidar! Cuidar da boneca que é sua filinha na infância, cuidar de seus objetos e brinquedos, cuidar a postura e o comprimento da saia, cuidar dos irmãos mais novos, cuidar da mãe que chora após uma briga ou um rompante de raiva. Quando crescemos tão habituadas a cuidar, tendo que amadurecer tão precocemente, também nos deparamos com a necessidade de cuidar do parceiro. Dele que é agressivo, mas que nasceu em um lar tão desajustado que não teve outra alternativa a não ser se tornar assim. Esperamos que com a paciência e amor que lhe damos ele há de mudar por nós, amamos infinitamente na esperança de sermos amadas de volta. A sociedade sempre deposita na mulher a expectativa de que ela conserte o homem que não aprendeu a amar, que é grosseiro, que no fundo gosta de você mas tem tantas lacunas dentro de si que não é capaz de externar esse amor. O que ninguém te conta é que você não tem obrigação de maternar um homem adulto, que se ele tem problemas deve resolve-los e não joga-los em você, tu não és tabua de salvação, não é culpa sua ou do seu amor insuficiente ele ser assim, eles não mudam por nós, ninguém tem o poder de mudar ninguém. Você que está tão acostumada a cuidar de tudo e todos, quem cuida de você?

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso