Pra assistir e refletir..


Esse documentário é uma palestra onde a autora Brené Brown fala sobre o tema central do seu livro "A Coragem de Ser Imperfeito", número 1 em vendas pelo New York Times.

Coragem e vulnerabilidade são coisas opostas? Ela começa dizendo que não..que para ser corajoso e se arriscar é preciso estar vulnerável. Segunda ela , a vulnerabilidade não é ganhar ou perder e sim ter a coragem de se expor mesmo sem poder controlar o resultado.

Ela diz que a vulnerabilidade é a estrada que nos leva ao outro. Como podemos amar alguém que não conhecemos, que não se expõe? Para amar e ser amado é preciso estar aberto e por conseqüência, estar vulnerável.


E coloca a vulnerabilidade como a base para três importantes sentimentos: o amor, a alegria e o pertencimento. Temos medo de amar porque tememos nos expor e sofrer, da mesma forma que tememos inclusive a alegria, com medo de perdê-la a qualquer momento.

Confesso que não li o livro mas fiquei com muita vontade. Vai pra minha lista de espera rs! Mas o documentário já traz reflexões bem interessantes sobre em que lado estamos ,como ela mesmo coloca: do lado da arena ( que se expõe, arrisca e está sujeito a fracassar até conseguir) ou da arquibancada ( que julga tranqüila enquanto nada faz )?

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo