Relato de um caso !!!!¡¡¡¡!!!!¡¡¡¡ "É questão de tempo" ⌚⏰⏰⏰⌚

Os Pontos Positivos Na Perspectiva do psicólogo:

Acredito que uma das coisas que tenho que ressaltar de início é a proximidade de idade entre mim e meus pacientes. Tenho 24 anos e a paciente deste relato tem entre 20-25 anos, não que isso justifique alguma coisa, o objetivo é somente situar quem lê esse texto. O processo terapêutico que iriei discorrer abaixo, está em andamento há uns meses e tem sido muito gratificante poder observar os impactos positivos que os atendimentos clínicos tem feito.

Durante esse período de atendimento, houve um episódio que gostaria de compartilhar brevemente. Nós passamos por todas as primeiras fases iniciais do processo clínico: se conhecer; estabelecer uma relação (terapeuta-paciente); trocamos experiências; e a partir disso a paciente teve o primeiro movimento de falar sobre o que realmente era necessário. A paciente conseguiu nomear o que não se podia, em suas palavras “nomear aquilo que só podia sentir”. As coisas que ela sentia claramente iam de encontro com sintomas de ansiedade. Aquela famosa “dor no peito”, como se o coração estivesse sendo apertado; aquela famosa “preocupação desacerbada”; aquela famosa “preocupação que transcende”. Foi um ótimo momento clínico no qual eu pude observar minha paciente significando e ressignificando muitas coisas que são realmente importantes em um indivíduo inserido na sociedade, dando sentido e se apropriando daquilo que de fato é essencial para sua moral.

Enfim, o ponto que quero chegar com esse texto é demonstrar a importância de se dar um tempo para o processo psicológico/terapêutico, e que não importa o formato do atendimento, seja presencial ou online. Para o paciente é importante adotar uma postura de “dar tempo ao tempo” e também dar oportunidade para o profissional que o está atendendo.

Consideremos que cada paciente seja como uma plantação, uma plantação que pode não estar dando bons-frutos, muitas vezes maltratada. Cada paciente chega com uma ansiedade, com um transtorno instalado, com uma depressão; o tempo é importante para que o profissional possa tratar dessas demandas que são inerentes da vida de uma forma efetiva, para que essa “plantação” passe a disseminar bons-frutos, curada de um transtorno que outrora estava instalado.

Você que está precisando cuidar e dar mais atenção a sua plantação, a sua própria saúde mental, a si mesmo, venha comigo caminhar nessa estrada de autoconhecimento na qual irei ajuda-lo a nomear as coisas difíceis de nomear. Com o tempo necessário, você logo começara a colher os bons frutos produzidos aí desse lado.













me procure no link para agendar seu horário: Jackson Bragança

me Siga nas redes:



54 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso