Síndrome de Munchausen

O Barão de Muchausen foi um militar alemão que participou da guerra contra os turcos em meados do século XVIII, tornou-se uma figura conhecida por perambular pelas cidades, contando estórias fantasiosas de feitos impossíveis. O médico inglês Richard Ascher homenageou este personagem ao utilizar o termo Síndrome de Munchausen para designar uma desordem psiquiátrica.

A doença recebe o nome de Síndrome de Munchausen (SM), pois, tal qual o Barão, os pacientes perambulam de hospitais em hospitais, contando histórias factícias sobre as doenças, criando sintomas com o intuito de captar a atenção da equipe médica.

A Síndrome de Munchausen caracteriza uma desordem psiquiátrica que faz com que o indivíduo crie de forma intencional histórias fantasiosas com relação à saúde. O indivíduo simula e manipula sintomas, com a finalidade de ocasionar sinais que se assemelham a uma patologia. A motivação é intrínseca e visa assumir o papel de doente para receber tratamento médico. Associa-se frequentemente a grandes transtornos de personalidade e das relações.

O objetivo é assumir o papel de doente e, desta maneira, ganhar atenção da equipe médica.

Síndrome de Munchausen por procuração é quando os pais ou responsáveis criam ou simulam sintomas de doenças nas crianças. O diagnóstico relaciona-se ao agressor e não à vítima.


6 visualizações

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso