Saindo do armário - LGBTQIA+


"Eu preciso sair do armário?" a resposta é: não, você não precisa. A saída do armário é um momento difícil e importante na vida de uma pessoa LGBTQIA+. Existe a ideia de que é algo libertador, que você só consegue ser a si mesmo de verdade quando é assumide, mas a realidade é mais complexa... A hora certa de sair do armário é quando você se sentir seguro fisicamente e emocionalmente. Para muitas pessoas a saída do armário é constante, a cada novo amigo, novo emprego, novo ambiente é necessário contar "eu não sou cis hétero" e isso pode ser bastante cansativo. A saída do armário também não precisa acontecer de uma vez, conte primeiro para pessoas de sua confiança, se algum ambiente apresentar risco, não se force a contar. Contar pode ser libertador para algumas pessoas e assustador para outras, entenda seu momento. O importante é ter em mente que:

- você não tem obrigação de abrir partes da sua vida pessoal para outres, seja quem for;

- você não precisa da confirmação de outres para que a sua identidade e orientação sexual sejam reais e válidas;

- você não precisa viver escondido para que outras pessoas se sintam mais confortáveis, você tem o direito de ocupar o seu lugar no mundo. Ah! E mais importante ainda: não force alguém a sair do armário, pode ser um ato muito violento, e não comente sobre a orientação sexual e identidade de gênero de amigues para outras pessoas sem a devida autorização.


@raylapsicologia

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso