Término: luto ou alívio?

Quando um relacionamento se rompe, ficam as lembranças.


Em muitos casos, as memórias que surgem e que são mais permanentes são as positivas: de momentos compartilhados juntos, que foram alegres e deixaram boas lembranças.


É claro que lembrar do que foi bom pode ajudar a passar pelo período de luto de uma forma mais branda. Mas vale refletir que se houve um término, havia um motivo, algo que não fazia mais sentido para o casal (ou para um dos parceiros) e por isso o rompimento.


Quando tiver pensamentos de culpa, de saudades, de que não será possível encontrar outra pessoa, recomeçar... lembre-se do que não foi bom, do que não pôde ser superado e enfrentado por vocês e que talvez o término tenha sido o melhor caminho e nesse sentido: um alívio.


Você vai recomeçar, desde que se permita para isso. O importante é viver o luto, não pular etapas e acolher seu momento e sua dor.


💁🏻‍♀️ Vamos falar mais sobre isso em um próximo post.


😉Gostou?

👍Curta o post


🧠Psicóloga Laura Borges

📌CRP: 06/121033




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso