Sobre a falta de controle.



Imagine alguma situação ruim que você já passou na vida, quais as piores sensações dentro dessa situação? Me arrisco a dizer que uma das piores é não ter o controle sobre a situação, vivemos em um mundo em que queremos ter o controle sobre tudo. Acordamos e já sabemos os compromissos do dia, as situações que temos de resolver e até a forma de resolver. Mas quando de repente algo nos tira do controle das situações da nossa vida, como reagimos? Quando estamos esperando resultados, seja de um exame, seja de um concurso, não temos controle sobre a situação e isso nos tira a paz não é mesmo? Mas é errado se sentir mal quando não temos o controle da situação? pelo contrário, é comum.


Todavia, os últimos dias e acontecimentos tem nos exigido ter um pouco mais de calma e reflexão diante das situações. Vamos refletir um pouco sobre a falta de controle e principalmente, o que toda essa situação está nos ensinando. Eu particularmente posso citar algumas coisas que aprendi com tudo isso:

O medo do amanhã e da proporção de toda essa situação me ensinou a valorizar o agora, vivemos sempre esperando os próximos anos, as próximas oportunidades de emprego, os próximos concursos e esquecemos a importância do agora e das pessoas que temos por perto.

Descobri como a minha própria companhia pode ser agradável, e passei a valorizar pequenas coisas, a rotina corrida do dia a dia a muito tempo não me permitia parar e passar um tempo proveitoso fazendo o que eu gosto e avaliando a vida de maneira geral.

Por fim, esses últimos dias me ensinaram que posso (e preciso) descansar. A rotina do discurso dos imparáveis entrou em choque com a quarentena não é mesmo? eu descobri que não somente não sou imparável como DEVO parar e descansar.


Infelizmente essa fase não é só de coisas boas, estamos passando por muitas dificuldades decorrentes de tudo isso, todavia, estou procurando nesses dias fazer os meus pacientes se questionarem: o que estou aprendendo com toda essa situação? Afinal, toda situação nos traz um aprendizado, e eu particularmente acredito que as ruins não só nos trazem grandes aprendizados como nos tornam mais fortes. Por fim, gostaria de deixar um questionamento: o que você pode tirar de aprendizado de toda essa situação? Gostaria de fazer com que você pensasse sobre isso.

Com Carinho

Psicóloga Vitória Simões Fernandes

CRP 13/9256

7 visualizações

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso