Tempo é relativo. Inclusive dentro de nós. Saiba respeitar o seu, o do outro.

Será que temos prestado atenção no fato de que todos nós temos um tempo que é diferente do outro?

Existem momentos que vemos claramente o sofrimento pelo qual uma pessoa passa, conseguimos avaliar diferentes atitudes que poderiam ajudá-la a sair disso, falamos, tentamos, e nada acontece. Por quê? Porque é o tempo dela e não o nosso! Porque existem coisas guardadas no inconsciente dela que ela mesmo desconhece, imagina você!

Cabe a nós, quando possível e sem invasões, mostrar caminhos, mas a decisão de seguir não deve ser nossa. Cada um tem o seu livre arbítrio para fazer o que quiser da sua vida, e cada um vai arcar com as consequências positivas ou negativas de suas escolhas. Mostrar possibilidades e oportunidades que possam ajudar é sinônimo de amor, mas maior amor é demonstrado quando compreendemos que apesar de claro para nós, este caminho pode ainda ser torturante para o outro. E é escolha dele buscar a evolução agora ou depois. Como é a nossa também.

Tempo é relativo, inclusive dentro de nós. Respeite o seu e não se cobre além do que pode crescer, seja fiel no pouco e faça tudo com amor no coração. Respeite o tempo do outro, amando-o e estando pronto para levantá-lo quando ele precisar e para parabenizá-lo quando conseguir vencer.

Saiba que, ajudamos mais quando respeitamos que o outro tem um momento certo para assimilar certas coisas, assim como nós.

Pense nisso!


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso