Terapia com Gestalt-Terapeuta: Como é que funciona?


Muitas pessoas ficam confusas quando descobrem que existe uma quantidade razoável de abordagens e de teorias que fundamentam a psicoterapia.


Vou explicar aqui brevemente como é passar por um trabalho psicoterapêutico na abordagem Gestáltica, que é minha base teórica e meu campo de atuação.

Um dos diferenciais da Gestalt-terapia consiste na preocupação não apenas com os processos patológicos, diagnosticar e justificar transtornos; mas, principalmente, com os processos saudáveis de crescimento e desenvolvimento humanos, que beneficie o funcionamento do Ser. Com essa intenção, chegou-se às seguintes propostas: a da Auto- regulação Organísmica, ou seja, a partir dela mesma, a pessoa pode identificar o que é melhor para si, e a dos Ajustamentos Criativos, que após essa descoberta do que é melhor para ela, a pessoa pode ampliar a consciência, de modo a perceber e experienciar possibilidades de como se colocar no mundo (ser-no-mundo), acolhendo as necessidades e anseios identificados.


O Gestalt-terapeuta entende que cada pessoa tem um sábio interior dentro de si e que para ouvi-lo é preciso aguçar o contato com os sentidos, com a própria percepção, ampliando-a e questionando verdades que sejam absolutas, além dos pensamentos frutos simplesmente de coerções sociais.


Perlz postula que: "A terapia possibilita ao indivíduo deixar de repetir de forma morta sua vida, apresentando um novo conflito criativo que convida ao crescimento, à mudança, ao excitamento e à aventura de viver”.


Mas vale destacar que de maneira geral, independentemente da abordagem que é seguida, a psicoterapia é um processo de autoconhecimento que se destina a acolher e acompanhar processos humanos, a possibilitar a reorganização da vida e dissolução de conflitos, abrindo novas possibilidades e horizontes de futuro.

25 visualizações0 comentário

2019-2020 © TherAppy | Termos de Uso